Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / SESSÃO SOLENE EM COMEMORAÇÃO AO DIA DO SURDO.

SESSÃO SOLENE EM COMEMORAÇÃO AO DIA DO SURDO.

por ext publicado 25/11/2015 12h33, última modificação 25/11/2015 12h33

No último dia 09 de Outubro a Câmara Municipal de Extremoz realizou Sessão Solene em comemoração ao DIA DO SURDO reafirmando o compromisso do Poder Legislativo Municipal com as pessoas portadoras de necessidades especiais.
Estiveram presentes: Vereador Carlos Jener Rezende, Professor Cleyton Saintclair, a Psicóloga e estudante de LIBRAS Sra. Rafaela Conceição, Representante da ASNAT (ASSOCIAÇAO DE SURDOS DE NATAL), a Professora da UERN, Sra. Sédina Freitas, Professor da UFRN, Sr. José Arnor, representando a Secretaria Municipal de Educação do Natal, Sra. Fabi França Fabiana França, representando os familiares das pessoas portadoras de necessidade especiais, Professora Maria Auxiliadora, além dos intérpretes Oficiais do Evento, Rubens Arthur do Nascimento Filho e Professor

Intérprete Suelmo Felipe da Costa.


SAIBA MAIS SOBRE O TEMA:


Dia 26 de SETEMBRO, a sociedade brasileira comemora o DIA NACIONAL DO SURDO, data em que são relembradas as lutas históricas por melhores condições de vida, trabalho, educação, saúde, dignidade e cidadania. No Brasil, o dia 26 de Setembro é celebrado devido ao fato desta data lembrar a inauguração da primeira escola para Surdos no país em 1857, com o nome de Instituto Nacional de Educação de Surdos.


O QUE É LIBRAS?


Libras é a sigla da Língua Brasileira de Sinais. As Línguas de Sinais (LS) são as línguas naturais das comunidades surdas. 


Ao contrário do que muitos imaginam as Línguas de Sinais não são simplesmente mímicas e gestos soltos, utilizados pelos surdos para facilitar a comunicação. São línguas com estruturas gramaticais próprias.

SOBRE A SESSÃO

A sessão solene teve o objetivo de trazer para a sociedade extremozense a conscientização sobre as dificuldades de formação dos surdos e a falta de apoio das autoridades responsáveis pela formação intelectual destas pessoas.
Contando apenas com o trabalho voluntário de interpretes como por exemplo do Professor Rubens para conseguirem acompanhar as aulas na escola. 


Como testemunhou o aluno Geneíres com 18 anos de idade no 9º ano e que falou não ter apoio nenhum para estudar e somente estuda atualmente por causa do trabalho voluntário do Professor Rubens.


Foi proposta que foi criada Lei Municipal do Dia das Pessoas Surdas em Extremoz, para que o assunto não deixe de ser debatido continuamente em nosso município. Além de maior apoio das autoridades. Foi emocionante ouvir o Hino Nacional Brasileiro interpretado em Libras (Língua Brasileira de Sinais).


Foram debatidos os Seguintes temas:


O Movimento Setembro Azul;


Trajetória de Vida nas conquistas do trabalho;


O trabalho do intérprete de Libras,


Escolas Bilíngues para Surdos.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

Mídias Sociais

Facebook Twitter Linkedin Youtube Flickr

Acesso à Informação